Política

Pelo quinto ano, Fábio Trad é reconduzido à principal comissão da Câmara Federal

Desde 2018 como membro titular da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, o parlamentar seguirá atuando também nas comissões que defendem os direitos da mulher, dos idosos e das pessoas com deficiência.

asscom Fábio Trad

 

Vinte e cinco comissões permanentes da Câmara dos Deputados definiram, nesta quarta-feira (27), os deputados e deputadas federais membros titulares e suplentes que atuarão nestes colegiados em 2022.

Considerada a mais poderosa e cobiçada pelos parlamentares, a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) terá, pelo quinto ano consecutivo, o deputado Fábio Trad (PSD/MS) em seu quadro de membros titulares. O colegiado desempenha o papel mais importante da Casa pois, além de analisar a legalidade e constitucionalidade de todas as proposições, é responsável por encaminhar ou vetar os projetos de lei a serem debatidos e votados no plenário.

Além da CCJC, Fábio Trad seguirá trabalhando em outras três importantes comissões, tidas por ele como algumas das mais importantes áreas de atuação de seu mandato: Direitos das Pessoas com Deficiência (CDPD); Defesa dos Direitos da Mulher (CMULHER); e Direitos da Pessoa Idosa (CIDOSO).

“Esses quatro flancos estarão nos mobilizando, nos inspirando, nos incentivando a lutar, cada vez mais, pelos direitos dos vulneráveis, por aquelas pessoas que estão mais carentes de direitos”, disse o parlamentar.

 

Vulneráveis

 

Nos últimos anos, o trabalho de Fábio Trad obteve destaque nas comissões que defendem os direitos dos mais vulneráveis, seja na relatoria ou até mesmo na autoria de projetos de repercussão nacional, como o que propôs a isenção progressiva de até 100% de Imposto de Renda a aposentados e pensionistas à partir dos 66 anos. O texto, do deputado sul-mato-grossense, foi aprovado na CIDOSO em junho de 2018.

O parlamentar também foi protagonista na aprovação de importantes propostas da CDPD, como a que determina a cota de contratação de trabalhadores com deficiência. De acordo com o texto relatado por ele, empresas com cem ou mais empregados terão de preencher seus postos de trabalho com 2% ou 5% de pessoas com deficiência ou beneficiários reabilitados da Previdência Social.

Em 2020, o deputado Fábio Trad apresentou um projeto que, após passar pela CMULHER, foi aprovado também nas demais instâncias de poder até tornar-se Lei Nacional. Trata-se do PL 4196/20, que modificou a lei do feminicídio e tipificou a conduta não mais como uma mera qualificadora de homicídio, mas como crime autônomo.

“A nova lei ampliará a visibilidade do tema e trará maior magnitude e repressão à referida conduta criminosa, além da ‘condição de gênero feminino’, em adequação ao conceito jurídico da atualidade”, disse Trad.

Fábio Trad na lista dos 10 deputados que mais economizaram dinheiro público no Brasil

No ano passado, a Câmara gastou R$ 163,2 milhões com passagens aéreas, aluguel de veículos, materiais de escritório, hospedagens, divulgação do mandato, entre outras despesas dos deputados federais. Uma média de R$ 317 mil por parlamentar, segundo o Portal da Transparência da Câmara.
O deputado federal Fábio Trad (PSD/MS), no entanto, utilizou R$ 86.915 mil de cota parlamentar ao longo do período, o que o coloca no ranking dos dez parlamentares mais econômicos do Brasil. Em 2020, Trad também esteve na lista dos que menos utilizaram recursos públicos da Câmara, ocupando, na ocasião, a décima terceira colocação.
Entre os parlamentares da bancada sul-mato-grossense, Fábio Trad também é, disparado, o mais parcimonioso. Em 2020 e 2021 foi o que menos utilizou dinheiro dos cofres públicos.
“É possível dinamizar o mandato com economia e racionalidade nas despesas. Nosso mandato otimiza a palavra e a posição. Que estes recursos economizados sirvam para melhores fins, salvando vidas neste momento tão doloroso de nossa história”, disse Trad.
Os dados estão disponíveis no portal Transparência Brasil da Câmara dos Deputados.  https://www.camara.leg.br/transparencia/
Assessoria de Comunicação Fábio Trad
Daniel Machado
(67) 99618-0013 / daniel241039@gmail.com