Voltar para notícias

Fábio defende fortalecimento da CGU e critica corte do orçamento da controladoria

17 set 2013 | Notícia | Escrito por: Redação | Compartilhe

O deputado federal Fábio Trad (PMDB-RS) contesta a decisão da equipe econômica do Governo Federal de reduzir em R$ 10 milhões (de R$ 94 para R$ 84 milhões) e contingenciar parte do orçamento da Controladoria-Geral da União (CGU) , decisão que está comprometendo a atuação do órgão de controle interno. “Espero que a presidente Dilma Roussef, coerente com seu compromisso de combater a corrupção e assegurar a correta aplicação do dinheiro público deixe a Controladoria de fora do contingenciamento de R$ 1 bilhão do orçamento da União previsto para o segundo semestre. É uma instituição que presta um serviço de interesse da sociedade”, avalia. Segundo relato de dirigentes da seção de Mato Grosso do Sul do Sindicato Nacional dos Analistas e Técnicos de Finanças e Controle, apresentado ao deputado, estas restrições orçamentárias já repercutem sobre a atuação do corpo técnico de auditores. Por exemplo, em agosto foi cancelada a edição do programa de fiscalização de municípios realizado a partir de sorteios públicos. Fábio Trad manifestou sua opinião ao vice-presidente (Luiz Roberto Machado) e ao tesoureiro (Volney Nery) do Sindicato Nacional dos Analistas e Técnicos de Finanças e Controle. “Áreas sensíveis, como a fiscalização de gastos não podem ser prejudicadas, até mesmo em respeito às manifestações de rua pelo combate à corrupção”. “ O Ministério Planejamento deve se sensibilizar para a necessidade de reavaliar os cortes, pois a CGU já trabalha com um orçamento bastante ajustado às suas necessidades operacionais”, informa.