Voltar para notícias

Fabio Trad abre mão de 14º e do 15º salários na Câmara Federal

21 maio 2012 | Notícia | Escrito por: Redação | Compartilhe

O deputado federal Fabio Trad (PMDB – MS) renunciou formalmente na semana passada ao recebimento do 14º e do 15º salários para parlamentares, cuja extinção começa a tramitar de fato na Câmara Federal nesta semana, ao chegar à Comissão de Finanças e Tributação (CFT).

O deputado sul-mato-grossense foi, segundo mostra reportagem publicada hoje no jornal Correio Braziliense, um dos primeiros parlamentares a se antecipar ao fim da remuneração. “Trata-se de uma benesse sem sentido, visto que difere muito da realidade da população brasileira. Por que um deputado teria direito a estes salários se a imensa maioria dos trabalhadores brasileiros não o tem?”, questionou Fabio.

Em levantamento publicado na edição de domingo do Correio Braziliense, ficou exposta a existência de uma maioria favorável ao fim da benesse. Até a última sexta-feira, 258 se declaravam defensores da extinção da mordomia. Para a aprovação do texto, são necessários 257 votos. Dezesseis deputados já abriram mão da regalia oficialmente 

Quem já abriu mão 

» Augusto Carvalho (PPS-DF) 
» Carlos Sampaio (PSDB-SP) 
» Érika Kokay (PT-DF) 
» Fábio Trad (PMDB-MS) 
» Francisco Araújo (PSB-RR) 
» Grete Pereira (PR-CE) 
» Henrique Oliveira (PR-AM) 
» Izalci (PR-DF) 
» Laercio Oliveira (PR-SE) 
» Lincoln Portela (PR-MG) 
» Luiz Pitiman (PMDB-DF) 
» Policarpo (PT-DF) 
» Reguffe (PDT-DF) 
» Rubens Bueno (PPS-PR) 
» Severino Ninho (PSB-PE) 
» Walter Feldman (PSDB-SP)