Voltar para notícias

Fabio Trad assina documento que expõe insatisfação do PMDB na aliança com o PT

01 mar 2012 | Notícia | Escrito por: Redação | Compartilhe

O deputado federal Fabio Trad (PMDB – MS) é um 45 deputados peemedebistas (de uma bancada de 76) que já assinou o manifesto organizado pelo partido em busca de um tratamento mais digno por parte do Governo Federal e do PT.

De acordo com Fabio Trad a reclamação vai além dos cargos e ministério. Ele afirma que muitas vezes os peemedebistas nem são recebidos por ministros do PT e que os acertos sempre são creditados ao partido da presidente Dilma Rousseff (PT) e os erros ao partido do vice Michel Temer (PMDB). "Fomos eleitos para ajudar o país, mas o apetite do PT é muito grande", diz Trad.

Segundo o deputado sul-mato-grossense, o PMDB foi eleito para governar o Brasil junto com o PT, mas a percepção da bancada federal do partido na Câmara e que o PMDB está cada vez mais afastado do centro do poder: “Nossa desconfiança é que isso ocorre devido a vontade do PT em monopolizar o governo, um governo que foi conquistado nas urnas de forma compartilhada. Por isso resolvemos marcar posição, delimitar terreno para que o PMDB seja ouvido. A bancada não quer cargos, não quer emendas. Trata-se de uma percepção difusa, mas generalizada, de que o PT precisou do PMDB para se eleger, mas para governar prescinde do aliado”.

Fabio Trad ressaltou seu apoio incondicional ao líder do partido, deputado Henrique Alves (PMDB-RN): “Ele que lutando bravamente pela preservação do espaço politico do PMDB, mas encontra resistências em virtude desta aparente monopolização petista. Uma coisa é ser aliado em campanha outra é ser aliado na gestão. O PMDB só serviu para ser aliado na campanha”, analisou Trad.