Voltar para notícias

Fabio Trad condena majoração de passagens aéreas para brasileiros

18 abr 2013 | Notícia | Escrito por: Redação | Compartilhe

O deputado federal Fabio Trad (PMDB-MS) condenou veementemente a prática de venda majorada de passagens aéreas para clientes brasileiros, denunciada nesta semana por usuários nas redes sociais.

A companhia aérea TAM foi alvo de uma denúncia encaminhada pela Associação de Consumidores (Proteste) ao Departamento de Proteção ao Consumidor (DPDC), do Ministério da Justiça. O motivo é a venda de bilhetes mais baratos a estrangeiros no site em inglês da empresa.

Em uma das buscas realizadas pelos internautas, um voo de São Paulo para Brasília, que custa R$ 1.327 na página em português da companhia aérea, saía por R$ 350 (US$ 175) no site em inglês. “Isso é um total absurdo. Não podemos compactuar com este tipo de prática. Vamos levar uma denúncia ao Ministério Público”, afirmou o deputado sul-mato-grossense.

A companhia enviou um comunicado à imprensa afirmando que não comercializa passagens aéreas mais caras para consumidores brasileiros, na comparação com as tarifas praticadas pela empresa no exterior. Segundo o comunicado, "ocorreu um erro no sistema de disponibilização de tarifas, causando uma grande diferença nos preços, para iguais trechos" em sites da TAM no Brasil e no exterior. A empresa afirmou que o erro foi corrigido "graças ao alerta de clientes".

Ainda de acordo com a TAM, o erro não significa que diferenças de preços entre mercados diferentes sejam incomuns na dinâmica da empresa. Segundo o comunicado, o que determina o valor das passagens é a demanda de cada perfil de passageiros – básico, flex e top – e a oferta de assentos disponíveis.