Voltar para notícias

Fábio Trad é o único deputado de MS com 100% de assiduidade, aponta ranking oficial da Câmara

24 dez 2013 | Notícia | Escrito por: Redação | Compartilhe

O deputado federal Fábio Trad (PMDB) é o único integrante da bancada de Mato Grosso do Sul que faz parte do ranking oficial da Câmara Federal dos parlamentares com 100% de comparecimento nas sessões deliberativas. Dos 513 deputados federais, Trad é dos um 19 parlamentes que esteve em todas as 113 sessões deliberativas realizadas em 2013. Só outros três deputados da bancada do PMDB (a segunda maior da Câmara) atingiram 100% de assiduidade. Além de Fábio Trad, fazem parte do grupo que participou de todas as sessões, os deputados Alexandre Leite (DEM-SP); Amauri Teixeira (PT-BA), Antonio Brito (PTB-BA); Helcio Silva (PT-SP); João Caldas (SDD-AL); Jutahy Junior (PSDB-BA); Lincoln Portela (PR-MG); Pedro Chaves (PMDB-GO); Policarpo (PT-DF); Rebecca Garcia (PT-DF);Reguffe (PDT-DF); Roberto Dorner (PSD-MT); Tiririca (PR-SP) ; Valtenir Pereira (PROS-MT); Paulo Feijó (PR-RJ); Onofre Santos (PSD-SC) , Manato (SDD-ES) e Hermes Parcianello (PMDB-PR). Integrante da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, presidente da Comissão Especial responsável pela elaboração do novo Código de Processo Civil já aprovado pela Câmara, Fábio Trad diz que comparecer as atividades parlamentares é uma obrigação de todos os deputados “ para honrar o compromisso assumido com o eleitor de cumprir fielmente seu papel de legislador. “Temos conseguido esta atuação ativa em plenário e nas comissões, sem negligenciar do trabalho de viabilizar recursos via emendas parlamentares para atender, como também acompanhar prefeitos e vereadores que vem a Brasília encaminhar projetos e demandas junto aos órgãos federais”, comenta o parlamentar que viabilizou mais de R$ 11 milhões para atender 43 municípios com recursos para saúde ,infraestrutura, fomento da agricultura familiar. Fábio Trad diz que tem procurado pontuar sua atuação na busca do fortalecimento das instituições públicas de controle social, valorização dos servidores públicos, além de atuar na defesa de projetos como o que estabelecem limites para terceirização da mão de obra e garantem aos trabalhadores sobre motocicletas, o pagamento do adicional de periculosidade, a extensão do super-simples para profissionais liberais como os advogados. “Estamos atuando para aprovar projetos de emenda constitucional que garantem autonomia financeira e administrativa para a advocacia pública, a estrutura de fiscalização tributária nos três âmbitos de poder, além de estender as policias rodoviárias federais, o direito a aposentadoria especial que já é concedido a mulheres com atuação em outras categorias", apontou o peemedebista, que também defende a aprovação do piso nacional dos agentes de saúde e a PEC 300 para polícias militares, civis e bombeiros.