Voltar para notícias

Fabio Trad fala sobre o julgamento do Mensalão

09 ago 2012 | Notícia | Escrito por: Redação | Compartilhe

O deputado federal Fabio Trad (PMDB – MS) falou nesta semana, em entrevista concedida ao jornalista Marco Eusébio, sobre o julgamento do Mensalão – o suposto pagamento de mesada a parlamentares em troca de apoio político ao governo federal. Segundo ele, a grande exposição do caso na mídia é natural e positiva: “Quanto mais atenção e vigilância da sociedade, melhor. Isto é republicanização da democracia”, afirmou.

Sobre a influência da opinião pública no julgamento, Fabio Trad foi enfático na defesa na necessidade de isenção da justiça. Para ele, “ouvir as ruas é obrigação do político e dos governantes que atuam na arena política e foram votados pelo povo”. No entanto, a mesma relação é dispare quando se trata do Judiciário. “Na batalha judicial, a situação é diferente. A toga não tem compromisso com as ruas, porque as massas não julgam com a razão. E a paixão é péssima conselheira da justiça. Toga é coragem para condenar quando houver certeza de culpa; toga é grandeza para absolver quando inexistir prova incriminatória ou ela se mostrar insuficiente. Se não fosse assim, bastaria uma passeata com grande volume de pessoas para que um Juiz sinta-se obrigado a condenar um inocente ou a absolver um culpado”.

Sobre sua expectativa em relação ao julgamento, Fabio Trad disse esperar que se concretize a perspectiva de amadurecimento da consciência crítica dos brasileiros sobre os valores de um processo penal justo. Segundo ele, o que está em jogo é a própria capacidade de um Poder constituído “garantir a sua higidez institucional através da serena, desassombrada e justa decisão jurídica em meio a tantas energias diversionistas que rondam o ambiente deste julgamento”.