Voltar para notícias

Fabio Trad participa de “maratona cívica” para a aprovação da MP dos Portos

16 maio 2013 | Notícia | Escrito por: Redação | Compartilhe

“Uma maratona cívica que, ao final, lavou a alma dos que lutam pela vitória de um Brasil mais competitivo e moderno. Estou emocionado porque depois de 42 horas de debates e 28 horas sem repouso ou descanso, vencemos as forças do atraso e contribuímos para um futuro melhor pro nosso país”. Assim reagiu há pouco o deputado federal Fabio Trad (PMDB-MS), logo após a votação da MP dos Portos na manhã desta quinta-feira (16). A medida provisória, que pretende ampliar investimentos e modernizar o setor no país segue agora para votação no Senado, que tem sessão marcada para as 11h. Se não for aprovada até a meia-noite desta quinta pelos senadores, a MP perde a validade.

As negociações para aprovar a matéria na Câmara se arrastaram desde a semana passada, com forte pressão de deputados da própria base aliada para alterar pontos do texto elaborado numa comissão especial em acordo com o governo, além de resistência da oposição.

A sessão para votação da MP dos Portos foi iniciada por volta das 11h de terça-feira (14). O texto base foi aprovado por volta das 20h35, mas os destaques não foram apreciados nas quase 18 horas de trabalhos – a sessão foi interrompida às 4h55. Cerca de 5 horas depois, às 11h30, a sessão foi reaberta. No esforço para acelerar a votação, o governo cedeu e fechou acordo com o PMDB para incluir uma emenda que derrubava outras emendas e destaques com conteúdo semelhante.

Todos os destaques foram votadas até 1h40. Na sequência, muitos deputados foram embora acreditando que a votação havia acabado, mas faltava a apreciação da redação final do texto. A sessão aberta às 2h19 arrastou-se até as 7h19 sem atingir quórum suficiente – 257 deputados. Por volta das 8h,  a sessão atingiu o quórum e com 353 deputados, a MP dos Portos foi aprovada às 9h43.