Voltar para notícias

População deve saber em que os políticos votam, afirma Fábio Trad

02 set 2010 | Notícia | Escrito por: Redação | Compartilhe

Você concorda que o político que ajudou a eleger para ser seu representante trabalhe escondido e tome decisões "debaixo dos panos"? Provavelmente não. Quando o cidadão vota, está elegendo seu legítimo representante para defender os direitos da sociedade. Por isso, o candidato a deputado federal pelo nº 1580 Fábio Trad (PMDB) tem defendido há anos o voto aberto para a transparência nas ações de cada deputado ou senador no Congresso, assim como nas assembleias legislativas estaduais e câmaras de vereadores. 

"O voto secreto, em um estado democrático, fundado em bases republicanas, é a negação da própria essência da representação popular, uma vez que o mandato é um diálogo entre eleitor e eleito", afirma Fábio Trad. "Como legitimar esse direito se uma das partes age em segredo através do voto secreto?", questiona o candidato. 

Esse pensamento de Fábio Trad não é discurso de campanha não. Quando presidiu a OAB-MS no recente triênio 2007/2009, Fábio Trad enviou ofícios aos oito deputados federais e três senadores da República da bancada de Mato Grosso do Sul no Congresso Nacional para que apoiassem a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) nº 349/2001 que extingue o voto secreto no Poder Legislativo em todos seus níveis: federal, estadual e municipais. 

Infelizmente, há quase dez anos, a PEC contra o voto secreto continua sem ser aprovada no Congresso. Por este e outros motivos, o eleitor que vai às urnas no dia 3 de outubro tem a oportunidade de eleger representantes que vão lutar de verdade pela transparência e na defesa dos interesses da população. Neste sentido "Voto de Verdade", você já sabe, vote Fábio Trad 1580.